Bolsonaro anuncia isenção de pedágio para motos no Brasil

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Bolsonaro anuncia isenção de pedágio para motos no Brasil


source
Isenção de pedágio para motos não valerá para rodovias que não sejam federais  no território brasileiro
Reprodução: ACidade ON

Isenção de pedágio para motos não valerá para rodovias que não sejam federais no território brasileiro

O presidente Jair Bolsonaro (sem patido) anuncia que os motociclistas não terão que pagar pedágio nas novas concessões de rodovias federais. A medida foi anunciada durante o lançamento do programa Gigantes do Asfalto (pacote de incentivos para os caminhoneiros), no Palácio do Planaldo, em Brasília (DF).

Conforme Bolsonaro, “batemos o martelo agora, depois de alguns dias de conversa com o Tarcísio (de Freitas, ministro da Infraestrutura). Em todas as novas concessões do Brasil , o motociclista não mais pagará pedágio”, disse ele. Na mesma ocasião, o presidente também assinou duas Medidas Provisórias (MPs) e dois decretos para o setor rodoviário e de transporte.

No início do mês, o Projeto de Lei 886/21 , que prevê a cobraça proporcional à distância percorrida pelo motorista foi aprovado pela Câmara dos Deputados. Como o relatório já foi analisado pelo Senado , sem qualquer alteração, seguindo diretamente para sanção presidencial. Mas, assim como o fim da cobrança de pedágio , isso vai ser aplicado apenas em novas concessões de rodovias federais.

A ideia é adotar o sistema “free-flow”, sem precisar de praças de pedágio, já que haveria um sistema com equipamentos de identificação nos veículos para que um sensor fizesse a checagem para o cálculo da tarifa de acordo com a distância percorrida , algo que já existe em alguns países do Mercosul, como no Chile.

Dessa forma, um condutor que ande apenas dois em uma rodovia não pagaria mais o mesmo que um outro que ficou por cerca de 200 km na pista. Falta apenas a sanção do presidente Jair Bolsonaro para que as medidas necessárias sejam tomadas para que possa a cobrança proporcional comece a funcionar na prática, pelo menos a parte das rodovias do Brasil.

Fonte: IG CARROS

Mais Notícias em CARROS

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes