Citroën registra desenho do sedã aventureiro C3L no Brasil

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Citroën registra desenho do sedã aventureiro C3L no Brasil


source
Citroën C3L
Divulgação

Citroën C3L: apesar do sedã compacto ter sido registrado no Brasil dificilmente o modelo será vendido no País


Em agosto, a Citroën registrou no Inpi (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) a  patente de uma lanterna traseira  que não correspondia a nenhum modelo da linha atual da marca na Europa. Pois o mistério foi resolvido em outro pedido de registro de desenho industrial feito pela montadora francesa no Brasil. Trata-se do sedã Citroën C3L.


O modelo, que é específico para o mercado chinês, pouca coisa tem em comum com o hatch Citroën C3 . Trata-se de um três volumes aventureiro que é derivado do C-Elysee, que por sua vez é um sedã de baixo custo projetado pela Citroën com o objetivo de ser produzido e vendido nos países em desenvolvimento.

O C3L é oferecido na China com uma versão turbo do motor 1.2 PureTech de três cilindros, que desenvolve 115 cv de potência e torque de 19,37 kgfm a partir de 1.500 rpm. Este propulsor pode ser combinado com um câmbio manual de seis marchas ou automatizado de seis marchas e dupla embreagem.

Sedã compacto da Citroën no Brasil?


Questionada na época sobre a origem da lanterna, a PSA comentou que registrava rotineramente “diversos modelos de veículos e peças para proteger a nossa propriedade intelectual, independente do fato de serem ou não lançados localmente”. E o lançamento desse sedã aventureiro no Brasil parece realmente ser bastante improvável.

Um explicação para isso é o fato dele ainda ser baseado na plataforma PF1, que apesar de ser a mesma empregada em modelos relativamente recentes na linha brasileira como o SUV compacto C4 Cactus , já está no final da sua vida no exterior.

A própria fábrica brasileira da PSA, em Porto Real (RJ), já está sendo adequada para produzir novos modelos sobre a plataforma modular CMP. Mesma usada no Peugeot 208 de nova geração, servirá de base para um substituto do Citroën C3 nacional e para uma nova linha de modelos de baixo custo que está sendo desenvolvida em parceria com uma empresa indiana.

Fonte: IG CARROS

Mais Notícias em CARROS

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes