Conheça quais os principais golpes envolvendo compra e venda de carros

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Conheça quais os principais golpes envolvendo compra e venda de carros


source
Vendas de carros usados
Divulgação

Antes de comprar um carro usado é preciso verificar uma série de detalhes para não ter dores de cabeça


A compra e a venda de um carro é um processo que envolve uma série de riscos e, por este motivo, exige a atenção do comprador para não cair em pequenas armadilhas ou até mesmo em golpes. Startup especializada na comercialização de veículos, a Volanty preparou uma relação de ciladas mais comuns envolvendo negociações de automóveis.


No caso das transações entre pessoas físicas, o principal risco para os compradores são os anúncios fraudulentos ou os carros usados e seminovos que passaram por uma maquiagem visual e parecem perfeitos, mas que tiveram a manutenção negligenciada, ou tem algum problema mecânico oculto.

Mas é preciso ficar atento também às negociações com lojistas. Guilherme Martins, chefe da área de tecnologia da empresa, explica que normalmente nas concessionárias, toda avaliação do carro é feita com base no carro que está sendo comprado. Sob a aparência de uma suposta “valorização” do automóvel que vai entrar na troca , o vendedor acaba pagando toda ou até mais que a diferença real no preço do carro zero.

“As concessionárias não tem um processo transparente se o carro irá para algum repasse para revendedor ou será vendido na loja , então os preços são sempre oferecidos por baixo.” conta. Ainda em relação a lojas, o consumidor precisa ficar atento também aos anúncios de carros que elas na verdade não possuem, mas servem para atrair clientes para o local.

Mais detalhes de como levar um carro usado

usados
Reprodução

Ao selecionar um usado, as partes estrutural e mecânica deve ser vistas, não apenas a aparência

Martins alerta ainda para a precificação do veículo , que não fica a cargo apenas da vontade do vendedor. Na Volanty, os fatores que mais influenciam são o ano, modelo e marca, mas também são considerados pontos que vão desde motorização, até qualidades específicas de cada modelo, em um total de 600 pontos de avaliação.

A Volanty possui centros de atendimento em São Paulo e no Rio de Janeiro, mas além da venda presencial, a startup também está realizando a venda online dos carros usados  e seminovos do catálogo. O atendimento é realizado com hora marcada, e é possível ver todos os detalhes com um tour 360 pelo automóvel.

Fonte: IG CARROS

Mais Notícias em CARROS

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes