Cresce número de interessados em adquirir veículos blindados no Brasil

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Cresce número de interessados em adquirir veículos blindados no Brasil


source


Aumento da violência no Brasil faz as vendas de blindados atingirem 14.736 unidades de janeiro a setembro
Divulgação

Aumento da violência no Brasil faz as vendas de blindados atingirem 14.736 unidades de janeiro a setembro

Com o aumento da criminalidade e a falta de segurança no Brasil, o número de interessados por carros blindados vem crescendo.

Só para se ter uma noção, o número de veículos blindados no Brasil de janeiro a setembro deste ano já é maior que o total de blindagens realizadas em 2020. São 14.736 carros blindados até o momento neste ano, enquanto, ao todo, no ano passado, 13.837 veículos receberam a proteção, de acordo com a Associação Brasileira de Blindagem (Abrablin).

São Paulo foi o estado que mais blindou veículos de janeiro a setembro deste ano. Foram blindadas 9.082 unidades , o que representa mais de 60% da produção de blindados do período. Rio de Janeiro , com 1.753 veículos blindados ( 11,9% ); e Brasília , com 741 carros (5,04%) , compõem a lista dos três maiores produtores de blindados para uso civil neste período.

Mercado de blindados usados aquecido

Leia Também

Blindagem de veículos no Brasil de janeiro a setembro deste ano já é maior que o total de blindagens realizadas em 2020
www.protecta.net.br

Blindagem de veículos no Brasil de janeiro a setembro deste ano já é maior que o total de blindagens realizadas em 2020

A procura pela proteção blindada não é exclusiva de quem deseja estacionar seu veículo em uma blindadora. Ela também está aquecida no mercado de veículos usados.

De acordo com Marcelo Silva, presidente da Abrablin , o perfil de interessado é tanto de quem não tem recursos disponíveis para adquirir um veículo zero e mandar blindar quanto de pessoas que têm condições, mas não querem esperar um prazo maior para ter o carro e ainda aguardar o serviço de blindagem. “Vale lembrar que a escassez de peças tem atrasado a fabricação e entrega de novos veículos pelas montadoras, aumentando a procura por blindados no mercado de usados”, explica o executivo.

Ainda segundo Silva, é preciso cuidado quanto à documentação e à procedência da blindagem. “Pesquise se a blindadora tem a certificação que a autoriza a fazer o serviço, se ainda existe e atua no mercado e peça um laudo técnico ou uma vistoria para que, de fato, mesmo usado, o veículo proporcione a segurança desejada”, alerta.

Fonte: IG CARROS

Mais Notícias em CARROS

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes