Startup oferece casinhas inteligentes para cachorros e o tutor não paga

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Startup oferece casinhas inteligentes para cachorros e o tutor não paga


source
Com iniciativa de empresário paulistano, tutores terão ambiente seguro para deixar os pets enquanto fazer compras
Anthony Fomin/Unsplash

Com iniciativa de empresário paulistano, tutores terão ambiente seguro para deixar os pets enquanto fazer compras

Uma startup de mobilidade com foco no mercado pet traz para o Brasil uma nova tecnologia que tende a facilitar muito a vida de tutores que precisem adentrar a estabelecimentos, como supermercados e farmácias, enquanto passeia com os animais de estimação.

A ideia surgiu em 2018, quando o engenheiro paulistano Georges Ebel estava passeando com os cachorros pela cidade de São Paulo e precisou entrar em um mercado para comprar alguns itens para a casa e passou por um momento de grande susto.

“Prendi os dois labradores [Mike e Thor] em um gancho na entrada do local, para que não precisasse fazer duas viagens e, quando voltei, eles não estavam mais lá”, Ebel conta ao Canal do Pet. “Após recuperá-los e o susto passado, decidi criar uma casinha inteligente e deixá-la em frente ao estabelecimento, que visitava com certa frequência na companhia dos animais. A partir disso, a ideia surgiu pensando em dar acessibilidade para que as pessoas possam estar junto dos seus pets e terem a companhia deles em todos os lugares”.

A plataforma começou a funcionar no final de 2019 em alguns pontos da cidade de São Paulo, com tecnologia totalmente desenvolvida no Brasil. A ideia consiste em uma casinha, ou estação, como é chamada, em que o tutor deixa o pet enquanto faz as compras ou resolve algum eventual problema. Enquanto deixa o cachorro em uma dessas estações, o animal ficará com todo o conforto e segurança que precisa, contando com monitoramento, controle de ventilação e temperatura.

Há um sensor na porta e câmera que são controlados automaticamente pela plataforma e podem ser visualizados pelo tutor por meio de um aplicativo (para Android e IOS). Para utilizar, basta baixar o app no celular e aceitar os termos e condições de serviço, que incluem a garantia de que o cachorro esteja vacinado e em boas condições de saúde.

“Em breve, o tutor também poderá visualizar as imagens do pet dentro da casinha pelo App – atualmente somente a nossa central tem esse acesso, mantendo a segurança do animal”, explica o engenheiro.

As casinhas contam com acabamento antimicrobiano e superfícies firmes para dar segurança e conformo aos cães. Alguns animais podem se sentir nervosos ou ansiosos ao serem deixados em um ambiente fechado enquanto o dono se afasta e, com isso, passar mal ou mesmo fazer as necessidades dentro da casinha, para isso existe um trabalho de higienização.

“A higienização e limpeza das casinhas são realizadas pela nossa equipe, seguindo protocolo padrão e utilizando produtos veterinários adequados para garantir a segurança. Quando um episódio desse tipo acontece, a casinha é inviabilizada para uso e a equipe de limpeza é acionada na mesma hora”, afirma.

O tutor não paga nada

Leia Também

O serviço é totalmente gratuito ao tutor, já que é um benefício oferecido pelos estabelecimentos que contratam, por um plano de assinatura, os serviços da casinha inteligente para cachorros. A estação é colocada no local de preferência do varejista.

Ebel afirma que o serviço agrega tudo o que é necessário para garantir o conforto e segurança dos pets.

O plano de assinatura é pago por meio de um valor mensal, que varia de acordo com a quantidade de instalação, o tempo de contrato e o fluxo de visitas, por exemplo. “Atendemos os mais diversos tipos de estabelecimentos, como supermercados, farmácias, academias, restaurantes, shoppings, escritórios e clínicas de estética”, explica.

(Continue a leitura logo abaixo)

Leia Também

Pets e tutores sempre juntos

Georges Ebel explica que o serviço permite que os tutores tenham uma vida mais feliz e saudável junto aos pets, incluindo mais passeios nas atividades do dia a dia.

“Antes, os pets tinham que ficar a maior parte do tempo em casa, sozinhos, ou correndo o risco de serem roubados ou sequestrados ao serem amarrados nos ganchos na porta dos estabelecimentos”, conta.

Os planos da empresa são de expandir o número de estações para 2,5 mil pontos na capital paulista até 2022 (atualmente são 50) e oferecer os serviços também nas demais regiões do Brasil.

Os ambientes que oferecem a casinha inteligente melhoram a experiência de compra dos clientes, além de aumentar a fidelização e a recorrência dos mesmos. “Levamos entre 30% e 40% mais em receita, do público que tem pet, para os estabelecimentos parceiros”, completa.

Fonte: IG PET

Mais Notícias sobre Pet

Curta O Rolo Notícias nas redes sociais:
  • Facebbok
  • Twiter
  • Youtube
Área de comentários
Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

canal no youtube

Mais recentes